Humor

Movimento para Banir o Monóxido de Dihidrogênio!

Esse blog agora faz parte em uma luta mundial para Banir o Monóxido de Dihidrogênio (MODH).

Em Newark, Delaware, foi criada uma divisão de pesquisa sobre o monóxido de dihidrogênio. Existe muita controvérsia a respeito da toxicidade do MODH, para elucidar e contribuir para a saúde global, vou explicar para vocês os riscos do MODH.

O que é o Monóxido de Dihidrogênio?

Monóxido de dihidrogênio é um composto químico incolor e inodoro, também conhecido como Hidróxido de Hidrogênio e Ácido Hídrico. Sua base é o radical hidroxila altamente reativo, um composto conhecido por mutações em DNA, desnaturação de proteínas, rompimento de membranas celulares e alterações químicas a neurotransmissores críticos. Os componentes atômicos do MODH são encontrados e um número grande de componentes tóxicos, explosivos ou venenosos, tais como ácido sulfúrico, nitroglicerina e etil álcool.

Preocupações inerentes ao MODH

Sim, você deve se preocupar, apesar do governo e do centro de controle de doenças não classificarem o MODH como tóxico ou carcinogênico, o MODH é um constituinte de várias substâncias tóxicas conhecidas, doenças e causadores de doenças, riscos ambientais e pode até mesmo ser letal a seres humanos em quantidades tão pequenas quanto a o que cabe em um dedal.

Pesquisas conduzidas pelo premiado cientista Nathn Zohner concluiu que cerca de 86% da população apoia o banimento do MODH. Mesmo com resultados preliminares, Zohner acredita que as pessoas precisam prestar mais atenção às informações apresentadas sobre o MODH. Ele também diz que se mais pessoas souberem a verdade sobre o MODH, então estudos como o dele não serão mais necessários.

Um estudo similar conduzido pelo pesquisador Patrick K. McCluskey e Matthew Klick também descobriram que 90% dos pesquisados assinariam uma petição para apoiar o banimento do MODH.

Perigos associados ao MODH

Todo ano o MODH é o principal componente causador de milhares de mortes e é o principal causador de danos de milhões de dólares a propriedades e ao meio ambiente. Alguns dos perigos do MODH são:

  • Morte por inalação acidental, mesmo em pequenas quantidades;
  • Exposição prolongada a MODH sólido causa danos severos à pele;
  • Ingestão excessiva de MODH produz diversos efeitos colaterais incômodos mas não letais;
  • MODH é o principal componente da chuva ácida;
  • MODH é o principal causador de erosão no solo;
  • MODH está presente em grandes quantidades em cada rio, córrego, lagoa, lago e reservatório do país e do mundo;
  • Foi verificada grande quantidade de MODH em amostras de gelo tanto do Ártico qanto da Antártica;
  • MODH gasoso pode causar queimaduras severas;
  • Contaminação de circuitos elétricos por MODH pode causar curto-circuitos;
  • A Exposição diminui a eficiência dos freios automotivos;
  • Principal causador da corrosão e oxidação de muitos metais;
  • Encontrado em biópsias de tumores e lesões;
  • Existem relatos de que cães que atacaram pessoas mortalmente inferiram MODH;
  • Geralmente associado a ciclones e furacões ao redor do mundo;
  • Variações térmicas do MODH são possíveis contribuidores do efeito estufa.

Usos do MODH

Mesmo sabendo dos riscos do MODH, ele continua sendo usado diariamente pela indústria, governo, e até mesmo em residência pelo mundo todo. Alguns dos usos mais comuns do MODH são:

  • Solvente industrial e refrigerador;
  • Em usinas nucleares;
  • Pela marinha, como sistema de propulsão de algumas embarcações antigas;
  • Por atletas de elite para melhorar a performance;
  • Em fabricação de armas químicas e biológicas;
  • No desenvolvimento de plantas e animais geneticamente modificados;
  • Em clinicas de fertilidade;
  • Como principal ingrediente de bombas caseiras;
  • Como resíduo da combustão de hidrocarbonetos em fornos, ar-condicionados e compressores;
  • Em rituais religiosos;
  • Na 2ª Guerra Mundial nas prisões japonesas e chinesas como várias formas de tortura;
  • Em piscinas publicas para manter o equilíbrio químico;
  • Em laboratórios de pesquisa com animais e
  • Na produção de pesticidas.
Você pode se surpreender com alguns produtos e lugares que usam o MODH , mas que, por alguma razão, não informam para o público os riscos de via para nossa família e amigos. Entre eles estão:
  • Como aditivo em produtos alimentícios, inclusive em sopas e alimentos prontos para bebês;
  • Em xaropes e outros medicamentos líquidos;
  • Em produtos para a limpeza de fogão;
  • Em shampoos, cremes de barbear, desodorantes e muitos outros produtos de higiene pessoal;
  • Como conservante em seções de produtos frescos em mercados;
  • Na produção de cerveja;
  • No café presente na maioria das cafeterías;
  • Como objetivo das pesquisas espaciais da NASA.
Um dos fatos mais surpreendentes revelados recentemente sobre a contaminação por MODH é seu uso como agente de descontaminação de alimentos. Estudos demonstraram que, mesmo após lavar com cuidado, alimentos que foram contaminados, permanecem contaminados.

Sintomas da overdose acidental de MODH

Pode ser que você nem sempre reconheça que foi vítima de uma overdose acidental de MODH, então vou apresentar alguns sinais e sintomas a verificar. Se você suspeitar de overdose, ou se você exibir algum desses sintomas, você deve consultar seu médico. Os dados apresentados aqui são apenas para informação e não devem ser considerados como indicação médica de nenhum tipo. Os sintomas são:

  • Suor excessivo;
  • Urina excessiva;
  • Sensação de Inchaço;
  • Náusea;
  • Vômito;
  • Hiponatremia;
  • Degeneração da homeostáse sódica.
Um fenômeno notado recentemente envolve pequenas quantidades de MODH vazando pelos cantos do olho como resultado direto de uma irritação por corpo estranho, reações alérgicas incluindo choque anafilático e, algumas vezes, depressão química severa.

O que fazer para minimizar os riscos de contaminação

Existe muito o que se fazer para minimizar os riscos de contaminação por MODH.

Primeiro: Use o bom senso. Sempre que você estiver manuseando algum produto ou alimento que você ache que está contaminado por MOH, analise o perigo real para você e sua família e aja de acordo. Tenha em mente que, em muitos casos, pequenas contaminações de MODH não são perigosas, e, de fato, são virtualmente inevitáveis. Lembre-se, a responsabilidade por sua segurança e de sua família e somente sua.

Segundo: Pratique cautela quando houver potencial para inalação ou ingestão acidental de MODH. Se você se sentir desconfortável, saia da área de risco. Melhor prevenir do que remediar.

Terceiro: Não entre em pânico. Apesar dos riscos do MODH serem reais, exercitando a cautela e bom senso você pode descansar tranquilo sabendo que está fazendo todo o possível para manter você e sua família a salvo.

Para mais informações visite o site global que luta pelo banimento do MODH: http://www.dhmo.org (em inglês)

.

.

.

.

Calma gente, isso é só uma piada, para quem não entendeu, MODH ou monóxido de dihidrogênio tem a seguinte estrutura: H2O, ou seja, água. Todos os efeitos falados são relacionados a água, mas ela não é o veneno da sociedade, então não precisa entrar em pânico!

Anúncios

Deixar um Comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s