Notícias

Porcos podem desenvolver órgãos humanos

Órgãos humanos podem ser desenvolvidos dentro de porcos para serem usados em transplantes (você confiaria?) conforme pesquisa usando células-tronco.

Porco

os Cientistas já foram capazes de fazer um porco desenvolver sangue humano injetando células-tronco sanguíneas em um feto.

Cientistas descobriram que eles podem criar animais “quiméricos” que possuam órgãos que pertencem a outras espécies injetando células-tronco no embrião de outra espécie.

Os pesquisadores injetaram células-tronco de ratos em embriões de camundongos que foram alterados geneticamente para não produzirem os próprios órgãos, criando camundongos com órgãos de ratos.

Os pesquisadores afirmam que a técnica pode permitir que porcos desenvolvam órgãos humanos das células-tronco de pacientes para serem usados em transplantes.

Utilizando as células-tronco do paciente, diminui o risco do órgão transplantado ser rejeitado, enquanto gera uma grande quantidade de doadores de órgãos.

A falta de órgãos significa que os pacientes tem que suportar uma longa lista de espera para receber um transplante.

Professor Hiromitsu Nakauchi, diretor do centro para biologia de células-tronco e medicina regenerativa na Universidade de Tóquio no Japão e líder da pesquisa disse:” Nosso objetivo final é gerar órgãos humanos a partir de células-tronco pluripotentes induzidas.

“A técnica, chamada de complementação de blastocisto, nos fornece uma nova abordagem para o fornecimento de órgãos. Nós obtivemos sucesso entre camundongos e ratos. Nós agora estamos confiantes no desenvolvimento de órgãos humanos funcionais com essa técnica.”

Proessor Nakauchi, que apresentou esse estudo na conferência anual da Sociedade Européia de Genética Humana, usou um tipo de célula-tronco adulta conhecida como célula-tronco pluripotente induzida, a qual pode ser retirada de uma amostra de tecido, como na pele, e ser encorajada a crescer em qualquer tipo de célula encontrada no corpo.

Junto com seus colegas, ele injetou essas células-tronco de ratos nos embriões, ou blastocitos, como podem ser chamados, de camundongos que foram incapazes de produzir seu próprio pâncreas, o órgão produz hormônios importantes, incluindo a insulina.

Quando o camundongo amadureceu e alcançou a idade adulta, eles não mostraram nenhum sinal de diabetes e desenvolveram um pâncreas que era quase que completamente formado das células-tronco injetadas de ratos.

Os cientistas atestam que as células-tronco dos ratos cresceram no nicho deixado pela falta do pâncreas do camundongo, então quase qualquer órgão pode ser produzido dessa maneira.

Se replicados usando células-tronco humanas, a técnica poderia produzir um modo de tratar pacientes diabéticos fornecendo uma maneira de substituir o pâncreas deles.

O projeto tem semelhanças com o Bestseller e Filme “Never Let Me Go” onde clones eram usados para fornecer órgãos para os ricos. Na realidade, pesquisadores não têm permissão para criar embriões humanos que não tenham a capacidade de produzir órgãos então eles esperam fazer mo mesmo usando porcos.

Professor Nakauchi disse que eles esperam testar mais a fundo a técnica desenvolvendo outros órgãos e também estavam buscando permissão para utilizar células-tronco humanas.

Eles já conseguiram, apesar de tudo, produzir porcos que foram capazes de gerar sangue humano injetando células-tronco sanguíneas de humanos em fetos de porcos.

Ele disse: “Por razões éticas nós não podemos fazer um embrião humano deficiente de um órgão e usá-lo para a complementação de blastocisto.

“Então para utilizar esse sistema para regenerar órgãos humanos, nós precisamos usar essa técnica utilizando blastocistos de animais de criação, como porcos.

“Complementação de blastocistos entre espécies nunca foi testada antes, mas nós acabamos de mostrar que pode funcionar.”

Professor Chris Mason, presidente do setor de medicina regenerativa na Universidade College London disse:” Não há dúvidas que curar o diabetes é um desafio, mas esse pode ser um caminho potencial em direção a isso, apesar de ser um tiro para longo prazo necessitando de recursos sustentáveis e maior financiamento para seus testes e desenvolvimento.”

“Para alguma coisa como um transplante de rim, onde não é muito urgente, seria altamente atrativo a capacidade de retirar células de um paciente,  desenvolê-las dessa forma e devolver como um rim personalizado.”

“Ainda existe um longo caminho antes de resultar em órgãos utilizáveis em transplantes, mas é uma visão excitante.”

Fonte: Telegraph / UK

Anúncios

3 pensamentos sobre “Porcos podem desenvolver órgãos humanos

  1. Isto é uma excelente notícia a todos os níveis! Sabe como me posso “candidatar como cobaia” para a experiência de transplante de pâncreas? Quais éticas quais o quê! Eu quero mesmo é ficar curada. Afinal a insulina também provém do porco certo?
    Continue seu bom trabalho

    • Ana, bom dia, na verdade os primeiros testes demonstraram o funcionamento em ratos e camundongos e o estudo está sendo desenvolvido no Japão, o que significa que os primeiros testes serão feitos com pacientes de lá… Mas espero que eles consigam avançar rapidamente nesse estudo para diminuir drasticamente as filas de transplantes.

      Abs.

      • Que pena…. Mas se souber de alguma forma de eles aceitarem pacientes de outros países por favor avise-me. Obrigada

Deixar um Comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s