Notícias

Caneta de Prata tem o que precisa para gravar eletrônicos flexíveis.

A caneta pode ter superado a espada a muito tempo, agora está desafiando fios e ferros de solda. Engenheiros da Universidade de Illinois desenvolveram uma caneta estilo rollerball com tinta de prata capaz de escrever circuitos elétricos e interligá-los em papel, madeira e outra superfícies. A caneta está escrevendo novos capítulos em baixo custo, eletrônicos flexíveis e descartáveis.

Caneta de Prata

Caneta que escreve circuitos. Repare que após a palavra “pen” existe um led ligado pelo circuito feito com o texto.

Liderada por Jennifer Lewis, Professora de Ciências dos Materiais e Engenharia na Universidade de Illinois e Jennifer Bernhard, professora de Engenharia Elétrica e de Computação, a equipe publicou seu trabalho no jornal Advanced Materials.

“Gravação com caneta permite construir artigos eletrônicos rapidamente”, diz Lewis, diretora do Laboratório de Pesquisa de Materiais Frederick Seitz na Universidade de Illinois. “Esse é um passo importante em direção à possibilidade de manufatura de escrivaninha (fabricação pessoal) usando ferramentas de impressão de baixíssimo custo e ubíqua.

Enquanto ela se parece com uma caneta prata comum, essa caneta é uma solução de para de verdade. Após escrever, o líquido da tinta seca deixando uma trilha de prata condutora – fios montados em papel em essência. A tinta mantêm sua condutividade através e múltiplas dobras  do papel, permitindo dispositivos com grande flexibilidade.

Tintas metálicas tem sido usadas em tentativas de fazer impressoras jato de tinta imprimirem dispositivos eletrônicos, mas a caneta oferece liberdade e flexibilidade para aplicar tinta diretamente no papel ou em outra superfície porosa instantaneamente, com baixo custo e sem programar.

“A grande vantagem da caneta é que as impressoras e cabeçotes caras geralmente necessárias para o jato de tinta ou outro tipo de impressão é substituída por uma ferramenta de escrita portátil e de baixo custo.” diz Lewis, que também é afiliada ao Instituto Beckman de ciência Avançada e Tecnologia.

A habilidade de criar trilhas condutivas a mão livre cria novas possibilidades na arte,  eletrônicos descartáveis e dispositivos dobrados em formas tridimensionais. Por exemplo, os pesquisadores usaram a caneta de prata para fazer um rascunho da pintura “Sae-Han-Do” de Jung Hee Kim, a qual representa uma casa, arvores e texto em chinês. A tinta serviu de fiação para um LED montado no telhado da casa, alimentado por uma bateria de 5V conectada na borda da pintura. Os pesquisadores também demonstraram a flexibilidade do display de LED no papel, texto condutivo e antenas de radio-frequência tridimensionais.

A seguir, os pesquisadores pretender expandir a paleta de tintas , permitindo a escrita direta no papel de outros materiais eletrônicos e ionicamente condutores.

fonte: University of Illinois at Urbana-Champaign. “Silver pen has the write stuff for flexible electronics.” ScienceDaily, 29 Jun. 2011. Web. 29 Jun. 2011

Anúncios

2 pensamentos sobre “Caneta de Prata tem o que precisa para gravar eletrônicos flexíveis.

Deixar um Comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s