Notícias

Furor a Respeito do novo Código Florestal Brasileiro

Hoje, novamente, vi que o Brasil está na boca do povo Americano, agora falando do nosso código florestal recentemente aprovado, alias, criticando, dêem uma olhada:

AmazôniaO novo código florestal, aprovado na câmara tem causado alguma preocupação dos ambientalistas. Este  código é favorável aos madeireiros e já está sendo nomeado por alguns como: “farol verde para o desmatamento”.

O código, que foi aprovado com uma boa vantagem, mas pode ser alvo de mudanças pelo senado, oferece anistia das punições por desmatamento ilegal feitos antes de Julho de 2008, também seria suspensa a lei que obriga a pequenos proprietários a manter pelo menos 80% da mata nativa, além de outras mudanças.

“É um desastre. Isso vai aumentar o risco de desmatamento, esgotamento da água e erosão.” Afirma Paulo Gustavo Prado, diretor da Política Ambiental da Conservação Internacional – Brasil.

A presidente Dilma Rousseff ameaçou vetar partes do código, o que também da mais autonomia aos estados para estabelecer regras de conservação.

Legisladores rurais dizem que o código florestal brasileiro vem precisando de atualização a muito tempo, código criado em 1965, e defende que ele vai, na verdade, reduzir o desmatamento por permitir que proprietários de pequenas áreas obtenham títulos legais sobre seus terrenos. O Brasil já tem leis bem restritas para combater o desmatamento, mas é aplicada de forma intermitente na vasta área da Amazônia, deixando muitos agricultores em um espécie de Limbo Legal.

A comunidade científica reclamou que os pesquisadores forem excluídos, em grande parte, das deliberações. A Academia Brasileira de Ciências publicou uma nota onde dizem que a nova legislação é precipitada e também disseram que não existe fundamento nem técnico e nem científico.

Ambientalistas parecem estar lutando contra as mudanças propostas. Marina Silva, ex ministra do Meio Ambiente, chamou o código de “Um dos maiores retrocessos que eu já vi no Brasil… Nós estamos voltando para o pior mundo possível.” De fato, o novo código florestal surgiu no meio de um aumento recente no desmatamento, o qual em Março e Abril alcançaram um ritmo quase cinco vezes maior do que 2010. Agricultores podem ter limpado os terrenos na esperança de obter a anistia, dizem os especialistas, mas aumentar o preço dos comodities também participaram bastante no aumento da demanda te terreno. O Brasil é o maior exportador de comida para o resto do mundo, incluindo soja para a Ásia e produtos a base de carne para a Europa Oriental.

Alimentando o ultraje entre os ativistas, o código foi aprovado no congresso horas depois do assassinato do Ambientalista e ativista contra o desmatamento José Claudio Ribeiro da Silva e sua esposa, Maria do Espírito Santo, em uma emboscada no para, uma das áreas com maior taxas de desmatamento. A imprensa diz que a orelhas do casal foram cortadas, um sinal de assassinato por encomenda.

.

.

.

Fonte: Science / AAAS

Anúncios

Deixar um Comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s